segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Bye, bye, 2018!

2018 chega ao fim. O sentimento é de gratidão pelo ano tão intenso, com tantas emoções e com a oportunidade de aprofundar um pouco mais o mergulho em direção ao autoconhecimento.

Neste ano, que começou difícil para meus filhotes, tivemos a chance de replanejar os caminhos e colher os frutos do trabalho dedicado, amoroso e feito em parceria ao longo do ano.

Mateus se alfabetizou, num processo leve, lúdico e eficaz, partindo do início de um ano letivo em que sequer conhecia todas as letras do alfabeto; Leti, que teve dias dificílimos no primeiro semestre, comprometendo seu aproveitamento nas atividades terapêuticas e pedagógicas, floresceu no segundo semestre, demonstrando um interesse vibrante pelos conteúdos escolares ligados às ciências humanas e naturais; Lipe, cujas peculiaridades evito expor para preservar sua privacidade, nos surpreendeu ao fim do ano, demonstrando uma proatividade pouco comum em relação a seu futuro profissional, nos brindando com uma difícil aprovação na primeira fase do vestibular de medicina de Bahiana.

O Projeto Filho Único foi um sucesso e nos mostrou a importância de termos estes momentos exclusivos com nossos filhos, com idades e interesses tão diferentes.

Foi um ano de muitas viagens, muitos encontros, de incremento do amor e da parceria conjugal. 

É bem verdade que alguns pontos não tiveram a  prioridade que mereciam, mas estes já estão na lista de metas para o ano novo, afinal, uma das maiores relevâncias da repartição do tempo em anos é justamente poder oportunizar o resgate da motivação em busca de novos projetos.

Que 2019 venha leve e repleto de energia para continuarmos trilhando o caminho do amor em direção à descoberta do melhor de nós mesmos!


sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Projeto Filho Único Parte 2: Uma Aventura em Beto Carrero World

Dando continuidade ao Projeto Filho Único sobre o qual falei neste post, foi a vez do meu caçulinha ter seu momento de exclusividade.

Ainda inebriada pela festa de halloween, objeto do último post, seguimos para o longínquo Estado de Santa Catarina, onde pretendíamos nos esbaldar no Parque de Beto Carrero World.

Apesar de a previsão ser de chuva, não desanimamos e partimos na intenção de extrair o melhor do nosso momento.

Alguns meses antes, logo depois de comprarmos as passagens, começamos o planejamento da viagem, e, como tínhamos um feriadão apenas para aproveitar, decidimos curtir o parque em dois dias e reservarmos um para irmos a Balneário Camboriú.

Em Penha, ficamos hospedados na Pousada Casa do Luigi, pertíssimo do parque, e com um excelente custo benefício! A pousada é super charmosa, tem um café da manhã farto e saboroso e um atendimento impecável! E o melhor, dá para ir a pé ao parque, um conforto sem preço. Super recomendo!!!

  

 


Apesar de o horário de abertura do parque ser às 9h, os portões se abrem às 8h40, hora em que já estávamos a postos para iniciar a nossa aventura.

Compramos os ingressos por telefone, com um generoso voucher de desconto do Posto Petrobrás, e não tivemos dificuldades de acesso ao parque. Assim que chegamos, fomos logo à tenda de medição das crianças, para aferir a altura de Teu e planejarmos os brinquedos que iríamos curtir no primeiro dia, enquanto Samir foi ao restaurante do Hot Wheels, reservar uma mesa vip (e sem custo) para o almoço, para assistirmos ao badaladíssimo espetáculo dos Carros, agendado para 13h.





O parque de Beto Carrero é bem completo, contando com os brinquedos tradicionais dos parques de diversões, personagens do Dreamworks, shows, espaços temáticos e um rico zoológico!

Optamos por priorizar os espetáculos, personagens e espaços temáticos no primeiro dia, e deixar o segundo, quando teríamos que sair mais cedo para ir a Balneário, para curtir os brinquedos mais concorridos, comprando o "fura fila", disponibilizado pelo parque.

 

 


 

 

 


No primeiro dia, então, assistimos aos shows de Hot Wheels, Madagascar (que Teu amou e repetiu no dia seguinte), Sonho de Cowboy e Natal do Shrek, tiramos fotos com vários personagens, exploramos o espaço dos piratas, dos índios, o zoo e brincamos nos brinquedos sem fila.

 

 


 


 


No segundo dia fomos em TODOS os brinquedos que a altura de Teu permitia, inclusive a montanha russa Star Mountain, com dois loopings, que ele quis repetir, e o Tchibum e Madagascar Crazy River, que nos deixou completamente molhados, repetimos o show de Madagascar e vimos o Blum, lindíssimo!

Teu era puro deslumbre! Aproveitou cada minuto da viagem. No primeiro dia, chegamos antes da abertura do parque, saímos quando ele estava fechando, depois do natal do Shrek, e ele ainda teve energia para ir, e aproveitar muito, à Pizzaria Temática La Barca, onde comemos uma das melhores pizzas da vida.

No segundo dia a chuva foi mais insistente mas não atrapalhou nossa programação, fizemos tudo o que estava planejado e, por volta das 16h, pegamos o rumo em direção à Balneário, onde ficamos hospedados no Ibis Styles.

 

 


 


O hotel, todo decorado com o tema de carros, nos surpreendeu! Esperávamos um hotel com uma área comum estilosa, mas com cômodos apertados. Mas, além de ficarmos impressionados com a decoração, ficamos também com o conforto do quarto. Amamos!

 

 

  


No dia da chegada, saímos apenas para ir à Pizzaria Heróis da Pizza, por ser o único espaço temático infantil que descobrimos em nossas pesquisas.

A pizzaria é a sensação de Balneário e estava lotada!!!! Me arrependi de não ter feito reserva (não sei se há esta opção). Esperamos por uma mesma por cerca de 40 minutos, que não foram tão tormentosos porque o espaço disponibiliza duas boas brinquedotecas (uma em cada andar), onde Teu se entreteve sem sentir o tempo passar.

A pizzaria funciona exclusivamente no sistema de rodízio (há uma variedade infinita de sabores) e todos os garçons trabalham fantasiados de super heróis. O espaço é lindo e super original! A pizza é boa, mas, em nossa opinião, não vale quanto custa. O preço, ao fim, compensa pelo conjunto da obra. Vale conhecer.

 



No dia seguinte, fomos ao Parque Unipraias, onde aproveitamos o bondinho, o Youhooo (que se assemelha ao trenó do Alpen Park nas proximidades de Gramado) e a Floresta Encantada.

 

 

 



Descemos até a Praia de Laranjeiras, onde não tínhamos ido quando visitamos Balneário pela primeira vez, há mais de dez anos, e lá pegamos o Barco Pirata, fazendo uma paradinha para curtir a praia depois do passeio.

 


 




À noite, pretendíamos jantar num restaurante indicado por uma amiga, mas estava fechado. Caminhando pela orla, paramos num restaurante aleatório, em frente ao mar, e comemos ali mesmo, apreciando a paisagem e nos despedindo daqueles momentos mágicos já que, no dia seguinte, cedinho, estaríamos voltando para casa.



À semelhança do que aconteceu com Leti, a experiência de viver Teu com exclusividade, e sentir como ele pode ser parceiro e compreensivo, na exata medida da sua infância, foi delicioso! Voltamos com a sensação renovada de acerto na decisão de nos proporcionarmos e proporcionarmos a nossos filhos esta maravilhosa experiência!



E que venha o Grand Finale!






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...